Logomarca Viva Fisioterapia
Hoje é Segunda, 20 de Outubro de 2014

O que é RPG?
A Reeducação Postural Global, ou RPG, é um método de fisioterapia que trata das desarmonias do corpo humano levando em consideração as necessidades individuais de cada paciente, já que cada organismo reage de maneira diferente às agressões sofridas. 
É uma técnica revolucionária através da manutenção do corpo em certas posturas, que considera o sistema muscular, sensitivo e esquelético como um todo e procura tratar, de forma individualizada, os músculos.

Por que fazer RPG?
Todas as pessoas precisam fazer a Reeducação Postural Global para corrigir a postura e ter uma maior qualidade de vida. E hoje existem diversas vertentes de RPG e a Viva Clínica de Fisioterapia utiliza a linha original do Phillipe Souchard que seria como um alinhamento e um balanceamento do corpo. Na Viva utilizamos postura de estiramento para que o corpo fique em equilíbrio e possa não acumular tensões e nem desenvolver desvios posturais. Uma boa postura está altamente relacionada com a ausência de diversas patologias.

Como é a sessão de RPG?
O fisioterapeuta trabalha com o paciente contra a patologia. Durante cada sessão o fisioterapeuta emprega micro ajustes em alongamento numa série de posturas suaves e progressivas (de pé, sentada ou deitada), trabalhando sempre com a respiração. 
A RPG requer do paciente uma participação muito ativa. Durante a sessão ele trabalha o seu corpo, alongando os músculos estáticos ao mesmo tempo em que fortalece os músculos dinâmicos e que corrige os bloqueios respiratórios seguindo a cadeia muscular que está a provocar dor e/ou problemas. São sessões individuais, com duração média de uma hora. A frequência dessas sessões depende do problema do paciente.

Quais os casos mais indicados para o tratamento com a RPG?
As pessoas que mais devem fazer a RPG são as que possuem dores de coluna ou ao longo do corpo, dores lombares, dores de cabeça, tendinite, burcite, problemas ao longo do sistema músculo-esqueletico.

Existe uma idade ideal para se começar a praticar RPG?
A RPG é feita a partir do momento que a pessoa tem um cognitivo principalmente porque as posturas exigem uma participação do paciente. Então, o ideal é de 12 anos até o final da vida.

Mulheres grávidas têm alguma restrição?
Sim, devem ser feitas avaliações precisas para enquadrá-las em um padrão postural e evitar determinadas posturas que gerem pressões demasiadas no ventre. No caso das mulheres grávidas, a RPG é indicado para controlar os desvios posturais com a mudança do centro de gravidade que é gerado a partir do aumento da barriga que deve ser fortalecida com posturas específicas.

Os efeitos começam a aparecer em quanto tempo?
Os resultados são imediatos. Na primeira sessão o paciente já começa a sentir a diferença. E no caso da RPG a partir da quinta e da sexta sessão, o paciente terá um efeito mais dinâmico no corpo em nível de controle postural.

Existe alguma restrição de saúde para a prática da RPG?
Problemas graves, doenças cárdicas não controladas, fraturas expostas e feridas abertas. Fora esses casos qualquer pessoa pode fazer. Mas normalmente antes de vir procurar a RPG, os pacientes já passaram por ortopedistas e outros médicos.

O efeito da RPG é melhor quando ele é praticado em paralelo com outros exercícios físicos ou é o mesmo resultado?
O interessante é que sempre associe a RPG a outras práticas e atividades físicas. A RPG não é uma atividade aeróbica, não é uma atividade de exercício, é um controle postural para o equilíbrio do corpo. Então, é importante que o paciente associe com outras atividades como o Pilates e até outros tratamentos como a Osteopatia que podem ser integradas para uma eficiência mais adequada dos controles posturais.

O que são as auto-posturas?
São posturas realizadas pelo paciente, sem a necessidade da atuação direta do fisioterapeuta, fora do ambiente do consultório. As auto-posturas servem para intensificar os resultados obtidos com o tratamento feito em consultório. Essas posturas são ensinadas pelo fisioterapeuta a medida que o paciente se torna mais consciente do funcionamento do seu corpo. Tais posturas servem de complemento a terapia de RPG e não o substitui.

Como a correção da má postura pode ajudar na melhora das dores do corpo?
A má postura é a grande responsável pela maioria das dores de origem músculo-esquética. Os vícios de posturas são muito comuns seja em casa ou no trabalho. Quando o nosso corpo fica sobrecarregado por conta da má postura as dores começam a surgir e se mantida a causa do problema, elas tendem a aumentar com o tempo.

Quais os principais benefícios do Pilates?
A consciência e um melhor conhecimento dos próprios movimentos e para a mulher as respirações, realizadas durante os exercícios, ajudam na questão de sexualidade e do conhecimento dos músculosperineais. O Pilates também aumenta a força e a flexibilidade e gera uma melhor eficiência dos movimentos de todas as pessoas que o praticam.

Qual a diferença entre o Pilates realizado em aparelhos, solo ou com bolas?
O Pilates na Viva Clínica de Fisioterapia é completo e envolve bola, solo e aparelhos e quando se utilizam as três modalidades se consegue explorar todos os âmbitos desde o terapêutico até o fitness. Trabalhando desvios posturais e controlando dores. 

Existe contra-indicação para o Pilates?
Qualquer pessoa pode fazer Pilates: atletas, gestantes, pessoas da 3ª idade, fitness, pacientes neurológicos, pacientes que possuem problemas reumatológicos, ortopédicos, dentre outros.

Quantas vezes por semana é o ideal para a prática de Pilates?
Os especialistas orientam que o Pilates deve ser praticado, no mínimo, duas vezes por semana para que o corpo se condicione com os movimentos, trazendo os benefícios esperados. A frequência vai depender do objetivo que se quer alcançar. Diferente da musculação, onde o corpo precisa de um descanso para responder aos estímulos, o Pilates pode ser praticado diariamente. Sempre, é claro, com a orientação de um profissional que irá determinar o melhor treinamento para cada indivíduo e situação.

Os efeitos do Pilates começam a aparecer em quanto tempo?
De acordo com Joseph Pilates, após as primeiras dez sessões utilizando-se o método o aluno sente mudança no corpo. Após 20 aulas, as mudanças são visíveis e após 30 aulas, os outros percebem as mudanças.

Posso praticar Pilates em casa?
A prática de Pilates deve ser orientada por um instrutor que acompanhará o aluno, cuidando da sua postura e respiração. Existem exercícios simples que podem ser realizados em casa, mas apenas por pessoas que já tiveram muitas horas de aula e que já tomaram a consciência corporal trabalhada peloPilates. Se você está iniciando a prática, nem pense em fazer sozinho, pois os exercícios mal executados podem causar danos ao seu corpo.

Pilates emagrece?
O emagrecimento não decorre exclusivamente da prática de Pilates, mas de uma combinação de fatores. Também depende do tipo de corpo do aluno, do nível de esforço e dos tipos de exercícios trabalhados durante a aula. No entanto, ele não é um exercício aeróbico. Como o Pilates cria massa muscular magra, isso colabora para aumentar o seu potencial de queima calórica, além de tonificar e alinhar o corpo. Quando praticado corretamente, o Pilates promove uma respiração profunda e eficiente, o que é essencial para a queima de calorias e a regeneração de tecidos. Portanto, a prática frequentede Pilates colabora significativamente para o emagrecimento, mas não emagrece sozinha.

Qual a diferença entre o Pilates e a musculação?
O Pilates não trabalha com pesos, as resistências são feitas com molas ou peso do próprio corpo. Trabalha com poucas repetições e mais controle dos movimentos. Enganam-se quem quer ficar “marombado” com o Pilates, pois este deixa um visual tonificado (músculos rígidos), porém sem exageros e sem grandes hipertrofias.

Crianças e adolescentes devem fazer Pilates e qual o maior benefício para eles?
A prevenção e a orientação postural para que eles não adquiram hábitos incorretos são os principais benefícios. O Pilates deveria ser a educação física das crianças nas escolas, pois deve ser usado como forma de prevenção e orientação postural para que crianças e adolescentes não desenvolvam maus hábitos posturais.

Qual o principal benefício do Pilates para os idosos?
Os músculos encurtados e tensos, característicos da idade avançada, produzem gestos ineficientes. E os idosos de antigamente tinham seus gesto limitados, o Pilates hoje ajuda amplificando os gestos motores, dando qualidade e uma melhor liberdade de movimento para os idosos e, consequentemente, uma melhor funcionalidade do corpo.

Mulheres grávidas podem praticar o Pilates durante toda a gravidez?
Normalmente as mulheres grávidas podem fazer o Pilates a partir do terceiro mês de gestação. Mas se a mulher já realizar alguma atividade física e não tem nenhuma restrição médica e possui autorização do obstetra, ela pode fazer a partir do primeiro mês.

Quais os benefícios do Pilates para as grávidas?
Um melhor tônus abdominal e um melhor equilíbrio da coluna desta forma a mulher  vai evitar dores no corpo e fortalecer o abdômen, principalmente para que ele não se estenda demais. Assim a mulher terá uma recuperação melhor, ou seja, o corpo vai voltar mais rápido ao que era antes e em alguns casos pode ficar até melhor.

Pilates melhora a coluna?
O método Pilates é usado tanto por educadores físicos, quanto por fisioterapeutas em tratamentos de reabilitação postural. Os exercícios alongam, aumentam a flexibilidade e realinham o corpo, melhorando a postura e eventuais dores de coluna. 
Mas atenção: para casos de patologias de coluna antes de fazer qualquer exercício, deve-se buscar a orientação de um médico especialista. E ao iniciar uma aula de Pilates, o instrutor deve fazer uma avaliação física para entender os problemas e as limitações do paciente/aluno e aplicar os exercícios mais adequados.

Qual a principal finalidade da Osteopatia?
A Osteopatia é um sistema de avaliação e tratamento, com metodologia e filosofia própria, que visa restabelecer a função das estruturas e  sistemas corporais, agindo através da intervenção manual sobre os tecidos (articulações, músculos, fáscias, ligamentos, cápsulas, vísceras, tecido nervoso, vascular e linfático).

Todas as pessoas podem fazer Osteopatia? 
Todas as pessoas podem e devem fazer visto que a Osteopatia já é recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como prática de saúde. Não existe restrição de idade podendo ser feita desde o recém-nascido até a terceira idade.

Durante a sessão de Osteopatia a pessoa sente dor?
A Osteopatia atua justamente para diminuir as dores sejam elas agudas ou crônicas. As sessões devem ser feitas em pleno quadro de dor para que ocorra alívio o mais rápido possível e sem a utilização de medicamentos.

O tratamento tem que ser continuo? Quantas sessões são necessárias? 
Cada caso é um caso. É necessária uma avaliação prévia para melhor indicação do tratamento.

Qual profissional habilitado para realizar a Osteopatia?
A  formação em osteopatia  requer       profundos conhecimentos de anatomia,   fisiologia, neurologia, biomecânica,     medicina     interna, diagnóstico      por    imagem,   cinesiologia, diagnóstico diferencial e conhecimentos  próprios  da  sua  abordagem  terapêutica  manual  tanto diagnóstica quanto curativa. Desta  forma,  o  tempo  mínimo  de  formação em  osteopatia  é de cinco a seis anos com uma carga horária superior  a 6 mil,  sendo 4.500  horas de disciplinas comuns à medicina e fisioterapia e 1.500 horas de disciplinas específicas da osteopatia. No  Brasil  é  reconhecida pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO), através da resolução 220 de2001 como especialidade profissional da fisioterapia

Viva Fisioterapia
Desenvolvido por IGNITI