Logomarca Viva Fisioterapia
Hoje é Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Existem diversos tratamentos fisioterapêuticos utilizados para corrigir e melhorar os desvios posturais. Os mais conhecidos são o Pilates e a Reeducação Postural Global (RPG), mas também existem outros como a Osteopatia, que é mais antiga que a própria fisioterapia e existe desde o século XVIII.

 

Considerada uma terapia natural, a Osteopatia não deve ser confundida com tratamento esotérico ou com a quiropraxia. Mas sim, é um tratamento da fisioterapia que reequilibra a biomecânica corporal.

A Osteopatia nada mais faz do que reajustar os músculos, os nervos e  as articulações, que estão desalinhadas devido a problemas posturais e movimentos repetitivos que causam dor e desconforto. Dentre as vantagens da Osteopatia estão a eliminação das dores articulares e musculares, a correção da má postura ou fadiga funcional. O tratamento é adaptado a cada paciente de acordo com suas necessidades e pode ser utilizada em pessoas de todas as idades. Nos recém-nascidos, principalmente até os cinco primeiros meses; na adolescência na fase do crescimento; no adulto para se prevenir ou tratar problemas; e no idoso para trazer uma melhor qualidade de vida.

De acordo com o fisioterapeuta Fernando Boaventura, para perceber os movimentos e tensões do corpo o Osteopata utiliza várias manobras manuais suaves e não invasivas. “A Osteopatia é uma técnica exclusiva e individual na qual o fisioterapeuta realiza movimentos nos discos entre vértebras e nas articulações e tecidos. Essas manipulações têm como consequência alívio e até a cura do problema”, explica.

A consulta ao Osteopata é feita, normalmente, após um quadro de dor, mas o tratamento atua também na prevenção obtendo excelentes resultados. A validade da Osteopatia é tão concreta que é recomendada e incentivada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como prática de saúde.



Viva Fisioterapia
Desenvolvido por IGNITI